segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Investir em inovação cria empregos









Uma grande maioria das empresas portuguesas que obtiveram benefícios fiscais pelos investimentos que efectuaram na área da inovação pretendem criar postos de trabalho em 2011 para continuar a investir nesta área.


Esta é uma das conclusões dos resultados do Barómetro do Financiamento da Inovação apresentado hoje. Incluindo Portugal e Espanha pela primeira vez, é possível verificar que a aposta em Investigação e Desenvolvimento (I&D) é considerada uma prioridade estratégica.

A sexta edição do Barómetro do Financiamento da Inovação, organizada pela empresa de consultoria francesa Alma Consulting, abrangeu um universo de 819 empresas de cinco países – três que já tem uma aposta na inovação consolidada, como são a França, a Alemanha e o Reino Unido, e os “recém-chegados” ao tema, como são Portugal e Espanha. Em Portugal foram inquiridas 81 empresas. Ler + no Público

Sem comentários:

Enviar um comentário