terça-feira, 12 de abril de 2011

Sair da Crise

                        

Na Conferência Europeia sobre competitividade e inovação, em Montemor, Arlindo Cunha, João Machado, o autor e outros falaram em mudar o modelo económico no sector rural.


Temos entre as melhores condições na UE para explorar recursos rurais, como o turismo, biocombustíveis, silvicultura e alimentos, cuja procura cresce sempre. Devemos reduzir a importação de alimentos tóxicos e aumentar a exportação de alta qualidade, como tomate, queijo e vinho biológico. Para isto é urgente fortalecer a pequena agro-indústria e agrupá-la em clusters para entrar em nichos de pequenos mercados e só depois nos grandes.
O Ministério da Economia deve agir. O cartel da distribuição aqui impôs a importação de alimentos que contêm químicos proibidos no Norte da Europa. Quem paga os remédios para os males por eles causados não é o cartel, são os contribuintes. Dizem que a UE nos obriga, mas há países que a regulam.
Já temos óptimos exportadores do sector rural. O queijo do Rabaçal vai para o mais caro exportador de queijos, a França. O espumante do Solar do Merufe na Rússia triplicou o preço, pois o importador igualou-o ao francês. O tomate do Alentejo tem a mais alta concentração de licopeno, bom para evitar problemas da próstata. 
Fomos uníssonos, é preciso acabar com a burocracia, não só reduzi-la.
É fazer como a Hungria, onde as agências têm só três directores e duas secretárias, sem mais ninguém; eles assinam cheques para as associações que apresentam projectos de uma só página, ao longo do ano, sempre com valores modestos. Estes são avaliados por consultores, PME idóneas, até de outros países, durante e depois da sua execução.
Podemos exportar o melhor da nossa terra e criar muito emprego. Que tal mudar e voltar a plantar tomates?

Por Jack Soifer* 
*Autor de Empreender Turismo de Natureza e Como Sair da Crise


1 comentário:

  1. Gostei muito deste blog e como sou graduanda em Administração, penso que será muito útil para expandir conhecimento. Seja seguidor desta humilde graduanda http://espacoparamudancas.blogspot.com

    ResponderEliminar