quarta-feira, 13 de julho de 2011

Ouro atinge máximo histórico


O metal precioso está a subir pela oitava sessão consecutiva e fixou um novo máximo histórico, a beneficiar da procura de activos percepcionados como mais seguros.
O ouro para entrega imediata segue a valorizar 0,36% para os 1.573,30 dólares por onça, depois de ter chegado a avançar 0,70% para os 1.578,72 dólares por onça, o valor mais elevado de sempre. Este representa o oitavo dia de ganhos do metal amarelo que, neste período, acumula um ganho de 5,7%.
Já o contrato para entrega em Agosto aprecia 0,74% para os 1.573,80 dólares por onça, tendo chegado a subir mais de 1% para os 1.579,70 dólares por onça, um máximo histórico. Este activo avança há sete sessões, apreciando, no acumulado, mais de 6%.
A justificar o desempenho positivo do ouro nas últimas sessões tem estado a turbulência que se faz sentir nos mercados financeiros.


Sem comentários:

Enviar um comentário